FarmSquare: Fim do desperdício nas hortas urbanas

Vivemos em um país 84% urbano e 15% rural. A urbanização trouxe alguns problemas relacionados à alimentação, como o acesso a alimentos saudáveis. A prática do chamado “urban farming” – fazenda urbana – é cada vez mais real.

Outro dia falei aqui sobre porque você precisa comprar orgânico e na busca sobre pequenos produtores, encontrei o FarmSquare.

FarmSquare: Fim do desperdício nas hortas urbanas

Publicado há cerca de dois meses, o FarmSquare conecta produtores orgânicos (nós que temos pequenas hortinhas caseiras) aos consumidores. Seu tomate está lindo, mas sobrou um bocado? A produção que rende mais do que o consumo pode ser anunciada lá e a troca é feita como doação, de forma gratuita.

“Seja a mudança que você quer ver no mundo” – Ghandi

Idealizado por Rodrigo Hilbert, certamente guiado pela frase de Ghandi, o aplicativo foi pensado justamente na sua experiência: Rodrigo é dono de uma horta caseira onde produz alimentos para consumo próprio.

A base da ferramenta é naquela forma de “eu quero” e “eu tenho”, baseada na geolocalização. Assim que você entra, dá de cara com um mapa, estilo Google Maps, com marcações de quantos doadores existem nas regiões. O FarmSquare também tem uma função de interação social, pois  doador e consumidor precisam se encontrar para a troca ser efetivada.

farmsquare

Infelizmente a plataforma ainda não funciona corretamente via app, mas o site tem versão mobile. Para acessar, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *